quinta-feira, 5 de março de 2009

Com futebol discreto, Ronaldo voltou

Todo torcedor estava esperando. E digo todo porque você, até você, arqui-rival palmeirense ou ressentido flamenguista, sentou-se à frente da TV para ver no que iria dar, nem que fosse pra dar aquela secada. Dos próprios corintianos então, nem se fala. Desde dezembro esperavam pelo anúncio que Mano Menezes veio dar na terça-feira: Ronaldo não seria titular, mas iria para o banco, e tinha grandes chances de entrar ao decorrer da partida.

Bastou isto para aumentar mais ainda a expectativa do torcedor, se é que isso era possível.

Pela Copa do Brasil, o Corinthians enfrentava o Itumbiara de Caíco, Denílson e Túlio Maravilha(aqueles mesmos!), mas só se falava naquilo. Tanto que ninguém reparou muito no primeiro tempo, que teve boas jogadas de Denílson, mas terminou mesmo 1x0 para o Corinthians, com gol de Chicão batendo pênalti.

Também não chamou muita atenção o que acontecia em campo na segunda etapa. Até quando André Santos fez o segundo gol, da entrada da área, o que a TV mostrava era a reação de Ronaldo, o aquecimento de Ronaldo, a torcida chamando por Ronaldo.

E enfim, 1 ano e 19 dias após sua última contusão no joelho, o Fenômeno voltou aos gramados, aos 22 minutos do segundo tempo. Tudo bem que ele não está na sua forma ideal e que tenha se envolvido em mais confusões na última semana. Corintianos ou não, paramos para ver o herói do penta e três vezes melhor do mundo.

Futebol mesmo ele não apresentou ainda, mas valeu para quebrar a ansiedade da estreia. Até ensaiou alguns de seus dribles e lamentou a bola que não recebeu de Douglas, sozinho na área. No final da partida, ainda sofreu com a marcação pesada de dezenas de repórteres; saiu com o olho machucado.

Ronaldo voltou; o Fenômeno ainda não.

E domingo é dia de clássico pelo paulistão. Dia pra Ronaldo, e também pra Keirisson.

(OBS: Texto em formato radiofônico; não pôde ser assim apresentado pois o estúdio do CJE/ECA passa por reformas)

7 commentz:

Amanda P. disse...

adorei, Mu! Que bom que vc conseguiu postar, tava respondendo seu email agora hehe.

então, já disse como gosto desse estilo de texto bem leve, fácil e agradável de ler.

Gostei do conteúdo, também. Fenômeno ficou no banco durante o jogo, e dava vergonha de ver como as câmeras nunca ficaram tanto tempo fora do gramado, mas ok.
O mundo parou pra ver (menos, aparentemente, a Argentina, um dos únicos países com tradição que não deu a notícia da volta do Ronaldo! hahaha).

Priscila Jordão disse...

Oi Mu! Adorei a frase de impacto "Ronaldo voltou; o Fenômeno ainda não". Acho que podia até ser título, chama bastante a atenção!

Só senti falta de algumas explicações tipo quem é Mano Meneses, Itumbiara de Caíco, Keirisson, etc. Com elas eu teria amado 100% o texto. Se fosse postado num site acho que teria que ter. Mas se vai entrar no meio do programa de futebol no rádio nem tem sentido explicar mesmo!

Priscila Jordão disse...

ahuahauha agora eu que me senti ignorante, que adianta usar "coaduna" se eu não sei quem é Túlio Maravilha?

Murilo Azevedo disse...

Então Pri, na verdade escrevi pensando em quem acompanha futebol mesmo, daí ter optado por não explicar os nomes e outras coisas. E o "aqueles mesmos" não deve fazer sentido pra quem não lê futebol. O texto pra público geral deveria ser explicado mesmo.

E Amanda, eu vi! Bizarro! Clarín, Olé e El País nem citam a estreia do Ronaldo. Só pode ser amargura.

Amanda P. disse...

Eu não acho que o Mu tinha que ter citado, não... É um texto pra quem entende um pouquinho de futebol e mesmo quem não entende consegue captar o essencial: que a volta do Ronaldo deixou a desejar.

As referências futebolísticas, se explicadas, deixariam o texto quase que redundante pro público que lê essas notícias esportivas, acho.

Mu, vc viu o globo esporte hoje? Os caras fizeram especial sobre a volta do Ronaldo e tal... queimaram o Douglas, foi beeem interessante!

Yuri Gonzaga disse...

Uma solução simples para o problema de quem não entende bulhufas de futebol, nesse texto, seria um aposto.

Exemplo: "Desde dezembro esperavam pelo anúncio que Mano Menezes, técnico do Timão, veio dar..."
Isso é constante no rádio. Eu ouço sempre, vcs não? Diria até que nunca falta um aposto.
Tipo "Barack Obama, presidente dos EUA, anuncia novo pacote..."

Mas Murilo, seu texto ficou a cara do Juca Kfouri! Em especial a frase que a Pri observou.
huahahuahua mto bom.

ps.: o Douglas é, realmente, um filhadaputa sem tamanho.
ps.2: Mano Menezes é com Z!!

Luísa Costa disse...

não gosto de (nem acompanho) futebol, mas adoro frases de efeito!

sua frase de efeito foi MARA. só acho que a partida teria sido mais divertida se o ronaldo tivesse ficado no banco fazendo companhia pro fenômeno.

beijomeligaradiofônicamente